Temporada Bandeira Azul gera bons resultados em Balneário Piçarras

Costa Verde & Mar > Balneário Piçarras >
Foto: Cleiton Reinert

Temporada finalizou dia 10; município já inicia processo para nova candidatura

 

 

Conquistando pela primeira vez a certificação internacional Bandeira Azul, a cidade de Balneário Piçarras encerrou a temporada do programa com um saldo muito positivo: 30% das pessoas que visitaram Balneário Piçarras tiveram influência da Bandeira Azul na tomada de decisões para conhecer a cidade, de acordo com a Pesquisa de Fluxo Turístico, da Secretaria de Turismo. A temporada Bandeira Azul finalizou em 10 de março.

 

A pesquisa completa ainda não foi divulgada, mas o dado já foi adiantado pelo órgão, que vê os números com muita confiança. “Verificamos que houve um aumento significativo de turistas e visitantes, principalmente pelo trecho certificado pela Bandeira Azul. Graças a divulgação e promoção da certificação internacional da praia, muitos vieram desfrutar das férias por aqui”, comentou a Secretária de Turismo, Susan Corrêa.

 

Os resultados positivos também vieram do trade turístico da cidade, tanto em hotéis, quanto em bares e restaurantes que sentiram a melhoria por conta do programa. “Vimos o reflexo no nosso estabelecimento, o ticket médio aumentou, teve dias que não conseguimos suprir à quantidade de clientes e sentimos os efeitos da Bandeira Azul hasteada”, expressou o proprietário do restaurante North Beach, Eduardo Bolda.

 

De acordo com Susan, a promoção do destino também teve grande impacto no resultado positivo, “representa todo um resultado entorno de uma divulgação e promoção do nosso destino, algo que chama novos negócios e investidores para Balneário Piçarras”, exaltou. Para a divulgação da Bandeira Azul em Balneário Piçarras, foi elaborado um Plano de Propaganda, que teve aporte de empresas parceiras numa parceria público-privada no custeio dos investimentos em comunicação.
“Durante a Temporada Bandeira Azul, tivemos cinco pontos de outdoors nas rodovias federais próximas, anúncios em revistas de público potencial, materiais promocionais, intensa produção de conteúdo jornalístico e investimentos em marketing digital, buscando fortalecer o nome de Balneário Piçarras, atrelando à certificação internacional”, pontuou o Diretor de Comunicação, Elinton Geremias.

 

A partir de agora, com o fim da temporada Bandeira Azul, o município teve de fazer a retirada da bandeira e já iniciar o processo para a nova candidatura. “Devemos apresentar toda a documentação exigida para que possamos comprovar a continuação do cumprimento dos critérios exigidos e ter o trecho novamente avaliado pelas comissões nacional e internacional”, explicou Marcos Zaleski, Presidente da Fundação Municipal do Meio Ambiente. No lugar da Bandeira Azul, o mastro exibe hoje a bandeira do município.

 

 

Educação ambiental

Além dos resultados em números, a Bandeira Azul levantou o tema da preservação ambiental em Balneário Piçarras. Por fomento do programa, foi lançado o projeto “Restinga Preservada, Nossa Praia Protegida” e realizadas diversas ações de educação ambiental durante a temporada, no trecho certificado da praia.

 

“A Bandeira Azul não nos trouxe apenas visibilidade, mas como deixa o seu legado junto à ampliação da conscientização da população quanto à preservação do meio ambiente, principalmente, no que envolve a praia. Fizemos cinco atividades no trecho e movimentamos a comunidade escolar a trabalhar o tema de uma forma mais intensa”, citou Marcos.

 

 

Certificação

Para conquistar a certificação, o trecho de praia teve que cumprir com critérios rigorosos divididos entre quatro pilares principais: balneabilidade, qualidade ambiental, segurança e infraestrutura de apoio. A balneabilidade é um grande fator que influencia o programa, com rígido controle. A praia necessita apresentar uma taxa de limpeza na água de acordo com os padrões internacionais, algo que atraiu os turistas de diversas cidades.

 

“Nossa balneabilidade provém de um conjunto de fatores. Todas as atividades do Rio Piçarras acabam afetando nossa praia, o gerenciamento da bacia hidrográfica traz esses resultados positivos, em que trabalhamos para evitar que qualquer tipo de efluente não tratado ou contaminado, protegendo nossa praia”, enfatizou Marcos.

 

 

Informações adicionais a imprensa
Departamento de Comunicação

 

 

 

 

 

 

< Voltar
© Costa Verde & Mar